quarta-feira, 14 de julho de 2010

CRIANÇA TEM QUE SER CRIANÇA E PONTO FINAL!!

Outro dia fui questionada por uma pessoa por não deixar minha filha de cinco anos assistir a esse "boom" de programas voltados para adolescentes e pré adolescentes na TV, como Hanna Montana, High School Musical , Drake & Josh, Os feiticeiros de Waverly Place, Zack & Cody e outros mais.

Respondi que minha filha é criança e a meu ver, ainda não precisa assistir a esse tipo de programação.

Diante minha resposta, a pessoa ficou "estarrecida" e falou:

- Ah! Estela, que bobagem, esses programas não fazem mal algum e além do mais, o que você quer? Criar sua filha em uma redoma?

...

Isso me fez pensar mais no assunto, visto que antes só não a deixava assistir a esses programas, acho que por instinto mesmo, por que REALMENTE acho que não precisamos pular fases e crianças devem ser e agir como crianças e não precisam ter pensamentos adolescentes com cinco anos de idade.
Bem, depois de pensar e pesquisar mais a fundo a tal programação, concluí que dentro da forma com que eu e Antonio nos propomos a criar Alice não cabe realmente esse tipo de programação agora, e acredito que quando chegar à adolescência, ela vai ter interesse por uma programação mais diversificada e não a que anda por aí, criando seres iguais, os que se vêem obrigados a fazer parte da massa e acabam não sabendo muito como diferir dela... Têm medo!

Fotos que circulam na net de Vanessa Hudgens de High School Musical


A inocente Miley Cyrus de Hanna Montana "só no pole dance".


Existem programas maravilhosos para crianças na TV aberta. Programas que somam e não idiotizam ou erotizam a criança, por exemplo:


Na programação infantil da TV Brasil tem "Janela, Janelinha", Turma do Pererê, Um menino muito maluquinho, Dango Balango, ABZ do Ziraldo, A turma do Cocoricó, Baú de histórias e outros.

Angelina Ballerina (TV Brasil)

Um Menino Muito Maluquinho (TV Brasil)

Na Globo, á partir desse sábado vai passar As aventuras da turma da Mônica (A tradicional, não a teen) ... Qual criança não gosta desse desenho?


Nos canais a cabo, também existe programação infantil de qualidade em canais como Discovery Kids, TV Rá Tim Bum, Nick Jr. com programas lúdicos e educativos.

Dora, a aventureira (Nick Jr.)

Baú de Histórias (TV Rá Tim Bum e TV Brasil)

Escola de princesinhas (TV Rá Tim Bum)

Dango Balango (TV Rá Tim Bum)


Enfim, continuo com a mesma opinião: Criança não precisa pular fases, criança tem que ser e agir como criança e não como mini-mulher ou mini-homem ou ter pensamentos de adolescentes.

Afinal de contas, é tão bom ser criança, ter essa inocência... E passa tão rápido... Por que tirar isso da minha filha...

Ah! E Alice não está em uma redoma não, só está sendo criada para ser única, interessante e não mais uma, igual a todos, igual a massa. Tá bem assim?


DIGA NÃO A EROTIZAÇÃO INFANTIL:


16 comentários:

Monike disse...

Tbem concordo com vc baby.

bjs

Bia, Desperate Housewife disse...

Aeeeee! É isso aí!!!
Eu tb não deixo meus meninos assistirem algumas coisas que passam no Cartoon, pe. ex.:Luzes Drama Ação. que é um reality show em desenho; e outras coisas.
Eles vão ter a vida toda pra assitirem o que quiserem, cabe a nós agora dar um rumo, um norte do que é bom e do que não é pra idade.
Criança tem que ser criança MEEEEESMO!!!
Beijo!

Eduardo disse...

oi.
concordo super com vc.
sofri preconceito quando meus filhos eram menores, por causa da maneira de educar. até hj eu censuro o que eles assistem na tv e eu assisto junto para saber do que se trata.tmb leio tudo o que eles leem. somos super companheiros.hj meus filhos têm 21, 19, 17, 16 e 12 anos, 4 meninos e 1 menina e nenhum me deu trabalho, nem na adolescencia. não podemos deixar a tv ou qq midia educar nossos filhos.
parabéns!!!
soraia cristina w. balruk

Juliana Migliorati disse...

Concordo totalmente!
E tem coisa pior do que mães que permitem crianças cantando ou dançando funk?
Beijos

Estela disse...

Monike, bom saber que tem gente que compartilha do meu pensamento...
Já estava me achando uma megera!!! Rs rs rs

Mãe, como disse a Bia, tem que dar rumo e tá muito fácil hoje em dia, se perder no meio do caminho, né?!

Soraia, é verdade, não podemos deixar a mídia educar nossos filhos...

Juliana, funk então... Isso aí pra mim é o cúmulo da falta de bom senso... Criança cantando e dançando funk não pode dar em boa coisa, né?!
E vamos que vamos educar bem essas crianças pra mudar o mundo!!!

Rose disse...

Oi Estela, muito bom seu texto,
também concordo que criança tem quer ser criança, cada coisa tem seu tempo e lugar certo.
Sobre a TIARA, tem vários preços, de R$ 14,00 a 8,00 reais,
visite minha loja neste link:

http://www.elo7.com.br/tecendoartesbyroseoliveira/
e clique no albúm de "faixas e tiaras ".
Também gostei do seu blog e já estou seguindo.
Qualquer dúvida, entre enm contato neste email:
oliveirarose@rocketmail.com

Beijos.

Micheli disse...

Concordo plenamente!
Estou retribuindo a visita e já te linkando, tá?
Um beijo!
Mi
http://tagarelicesepensamentos.blogspot.com/

Déia. disse...

Amiga, quanto tempo nao nos visitamos hein?
Saudades... Obrigada pelo carinho e comentario no blog. E lendo seu post estou de acordo com você. O quanto eu puder empurrar pra frente essas programaçoes que nao agregam nenhum valor vou fazer. Criança nao deve mesmo pular nenhuma fase, quanto mais que existem tantos programas bons e que passam algumas mensagens bem legais!!
Bjs

Bianca Bueno disse...

Concordo! Não fico cheia de proibições porque senão é aí mesmoq ue querem fazer. Mas incentivo esses que você citou! E a minha filha adora, não liga para essas baixaias. Ela também tem 6.

Alexandra disse...

olha eu acho que nao tem nada a ver. mesmo porque voce so pegou imagens do que acontece fora dos programas e do canal em que eles passam. o que os atores fazem é totalmente diferente do que eles atuam.

Estela disse...

Olá, Alexandra! Bem vinda ao meu blog e obrigada pelo comentário.
Legal ter acesso a diversidade de opiniões.
Mas... Vc tem filhos?
Acho que não. Afinal de contas, visitei seu blog e vi que vc ainda é adolescente.
Realmente as fotos que postei das atrizes são da vida real, mas... será que as crianças não tem acesso a essas imagens também? Afinal de contas elas estão por aí, na internet, na Tv, nos programas de fofocas... Enfim, as crianças não sabem muito bem separar personagens de vida real e ao ver essas imagens acabam associando à vida real a "figura inocente do personagem": -Se ela é a Hanna Montana e pode fazer isso eu também posso...
Preste mais atenção ao seu redor, na rua, nas festas, quantas meninas pequenas agindo e se vestindo como uma mulher e em algumas vezes até agindo de forma vulgar... Não é constransgedor?
Eu quando me deparo com uma cena dessas fico, além de constrangida, extremamente entristecida de saber que o futuro, pelo menos para aquela criança pode não ser tão legal... Pode ser vazio, limitado, igual ou pior do que tudo de ruim que já tem por aí.... Por que não mudarmos agora?
É complicado, querida, aposto um palpite que se vc tivesse acesso a uma programação mais educativa e lúdica na infância, não estaria assistindo a esse tipo de programação agora e sua opnião sobre esse assunto seria completamente diferente.

Alexandra,por hora, deixe esse assunto "pesado" pra quem tem filhos para educar e tem a "árdua" missão de tentar melhorar as próximas gerações e consequentemente, mudar também esse mundinho que enfrentamos... Mas continue lendo, comentando e principalmente PENSANDO sobre esses assuntos, pois, a diversidade de informações podem mudar de alguma forma seu pensamento e garantir uma geração menos "igual".
Pense na hipótese de que seria bom criar filhos com senso crítico...

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Hub Principal disse...

Não poderia de deixar de dar meus parabéns ao modo que você cria sua filha!

Infelizmente esse não é o pensamento predominante na maioria dos pais, criança deve ser criança.

Sds!

PEDRO HENRIQUE disse...

Olá... Adorei o comentário. O mundo seria bem melhor e as crianças mais educadas se não pulassem as fases da vida.
Com os meus faço o mesmo.
Parabéns!!

Samanta Martins

Nana disse...

Oi minha Priminha..
Nossa... Concordo TOTALMENTE...
No dia em que eu tiver meus pequeninos, planejo uma infância bem infantil... Até porque já vi o que a má educação não faz com as crianças...
Acho que, se existe programações diversificadas como "infantis", "infanto juvenis", "juvenis" e outros... pra que tirar de um pequenininho a oportunidade de se encantar com cada coisa em sua hora, não é ?!
Bem minha linda.. Como sempre tá de parabens !!

Beijos
Nathy

crianças disse...

É !Eu tb não deixo concordo plenamente criança tem que ser criança. bjs

GABRIELA disse...

Cheguei aqui por acaso, procurando por alguma frase de efeito sobre o tema "criança tem que ser criança" para postar no face, porque é exatamente o que eu penso! Adorei seu artigo!!! Tenho duas meninas, uma de três anos e uma que fará 6 anos no mês que vem e me preocupo muito com isso. E o pior é que por mais que em nossa casa não permitimos esses programas e músicas, elas acabam aprendendo na escola, e eu fico sem saber como fazer. Proibir? que pode ás vezes incitar a curiosidade? Ou deixar? na esperança que ela esqueça logo? Já tentei conversar, mas não surtiu muito efeito...
Como é difícil educar né? eu às vezes me sinto perdida